Seminário socrático

Autor: O plano de aula abaixo foi traduzido e adaptado do livro  Philosophy in Education: Questioning and Dialogue in Schools, de Jana Mohr Lone and Michael D. Burroughs (Rowman & Littlefield, 2016).

Tema: Seminários Socráticos,

Tempo: Um período de 1 hora e meia, 2 horas ou duas aulas de 40 minutos.

Indicado para: ensino médio.


Objetivos

Os alunos irão fazer no seminário socrático:

  • Antes do seminário, os alunos irão fazer leitura e anotações sobre o texto a ser debatido;
  • Os alunos irão solicitar esclarecimento quando necessário;
  • Irão avaliar textos/argumentos a partir do incentivo do professor, comentários de outros alunos ou de sua própria análise;
  • Irão responder criticamente e analiticamente às idéias expressas por outros alunos;
  • Usar texto para apoiar o diálogo;
  • Usar habilidades de comunicação respeitosas que reconheçam diferenças de opinião e análise, o que facilita o progresso na compreensão  do texto e encoraja todos os alunos a se envolverem no seminário.

Materiais necessários

  • Texto de fonte primária com linhas numeradas para facilitar a referência ao texto. Disponível nesse link.
  • Perguntas do professor para o debate (veja abaixo);
  • Rubrica para avaliação da participação dos alunos. Disponível nesse link.

Introdução

Um Seminário Socrático é uma discussão em grupo sobre um texto para avaliar uma opinião, teoria ou argumento. Dependendo do texto, um Seminário Socrático pode ser usado como uma lição introdutória, uma análise de perspectiva múltipla ou uma avaliação somativa de qualquer unidade de estudo. A ideia fundamental é que o professor use perguntas simples para guiar o grupo para uma conclusão lógica. O professor faz uma pergunta, abre a possibilidade para comentários e questionamentos entre os alunos para que esses cheguem a uma conclusão e em seguida passa para a próxima questão.

As perguntas do professor se concentram em ideias fundamentais, nas premissas individuais de um argumento e como elas se relacionam uma com as outras. Uma amostra de texto e questões para discussão estão disponíveis logo abaixo e o procedimento é detalhado no próximo subtítulo.

Procedimento

  • Coloque as cadeiras em um círculo.

Peça aos alunos que se sentem no mesmo local nos dois dias se esta for uma atividade de vários dias (fica mais fácil de documentar a participação).

Lembre aos alunos o comportamento apropriado em um seminário socrático:

  • O número de vezes que é necessário contribuir (ver rubrica abaixo);
  • Perguntas e comentários são melhores quando apoiados por texto ou especificamente relacionados à comentários dos colegas;
  • As perguntas para debate serão colocadas pelo professor, porém a maior parte do diálogo deve ser realizada pelos alunos. Portanto eles terão que chamar para o debate alguns colegas e para isso devem  saber quais já participaram e quais não.

Atividade

Exemplo de passagem da República de Platão, Livro VII – Alegoria da Caverna. Disponível no link acima.

Questões para debate:

  • Quais são alguns dos símbolos que precisamos identificar?
    • A sociedade-caverna: o mundo visível em que vivemos, o que percebemos com nossos sentidos, no começo só conhecemos o ambiente e o que as pessoas nos ensinam;
    • Correntes-controles: colocados sobre nós pelo governo, sociedade, nós mesmos. Se cegamente aceitamos estes, então continuamos presos em nossa caverna;
    • Prisioneiros (e aquele que sai) – membros da sociedade;
    • O sol – o renascimento intelectual, a verdade última/bom, real (sem sombras)
  • Que papel você acha que Platão deseja para os prisioneiros que deixam a caverna? Por quê?

Durante o seminário:

  • Inicie o seminário pedindo para que os estudantes perguntem por quaisquer palavras ou conceitos que precisam de esclarecimento e incentive outros estudantes a ajudar.
  • Use perguntas  para estimular a discussão e fazer com que os alunos sigam a linha de raciocínio do autor. Permita que os alunos respondam e guiem a discussão. A facilitação do professor pode ser necessária para redirecionar o fluxo da discussão, mas isso deve ser feito sem fornecer aos alunos  “a resposta”. Além disso, os alunos devem se lembrar de chamar seus pares para encorajar a participação na discussão. Além disso, também pode ser necessária para encorajar alguns alunos a participar ou impedir que outros dominem a discussão.
  • Documentar a participação dos alunos conforme o seminário progride. O professor deve documentar o tipo de participação: resposta a pergunta do professor, resposta à pergunta de um colega, comentário sobre a contribuição do colega, fazer um pergunta, fazer um comentário com informações originais ou se referindo ao texto.

Um Seminário Socrático é bastante orientado pelos alunos. As perguntas devem levar a uma conclusão lógica, mas o objetivo também é facilitar o questionamento e análise. Se ainda houverem questões não resolvidas no final do seminário, se certifique de trabalhar elas nas próximas aulas.

Conclusão

Enquanto o Seminário Socrático serve como uma medida da compreensão dos alunos do texto fornecido e das idéias centrais com relação a uma unidade de estudo, outras atividades complementares também são possíveis. Os exemplos incluem o seguinte:

  • Escrever uma reflexão pessoal sobre o processo utilizado num Seminário Socrático e/ ou uma discussão em aula sobre o processo do seminário. Isso geralmente é benéfico na primeira vez que a metodologia é usada com uma turma;
  • Escrever uma resposta pessoal aos argumentos apresentados pelo autor e na discussão em aula;
  • Resumir o argumento do autor de forma lógica (usando premissas e conclusão).
  • Comparar o argumento do autor com os outros apresentados na aula antes do seminário.

Materiais Suplementares

Paul, Richard and Linda Elder. The Thinker’s Guide to the Art of Socratic Questioning. Foundation for Critical Thinking, 2006.

Platão. A República. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1991.

  • Essa página foi útil?
  • Sim   Não

2 thoughts to “Seminário socrático”

  1. A forma como vocês expõem as propostas, orientam os Professores e incentivam a arte de filosofar, na verdade só vem agregar mais o interesse, não apenas dos profissionais da área, como outros fora do nosso estudo. Parabéns a toda a equipe.

Deixe seu comentário