Seminário sobre temas de ética prática | Filosofia na Escola

Seminário sobre temas de ética prática

Essa proposta de trabalho envolve pesquisa, redação, apresentação e discussão sobre temas como eutanásia, melhoramento genético, direitos dos animais entre outros.

Passo a passo

  1. Divida a turma em grupos com um número de integrantes apropriado – geralmente de três a quatro pessoas.
  2. Distribua para cada grupo um assunto de ética prática diferente. Veja abaixo uma lista de temas e materiais de pesquisa.
  3. Explica o que deverão fazer: uma pesquisa em material que será distribuído, uma redação e uma apresentação para os colegas. A primeira exposição pode ser breve e apresentar a proposta em linhas gerais. É importante acompanhar os estudantes durante a pesquisa e ao longo desse processo vários detalhes sobre o funcionamento do trabalho devem ser explicados para os grupos. Para os grupos em particular, apresenta os critérios de avaliação da apresentação e da redação.
  4. Defina com a turma uma data para a apresentação dos trabalhos e entrega das redações.

Lista de temas e materiais

Sobre o material de pesquisa

Os links acima direcionam para um material de pesquisa organizado no formato de Webquest. Esse é um instrumento de ensino pensado para promover uma pesquisa orientada na web. Ao contrário das pesquisas tradicionais, que atribuem um tema aos estudantes e pedem para que estes pesquisem, sem um maior direcionamento, a Webquest direciona o estudante para materiais específicos e exigem que ele relacione de uma determinada maneira as informações presentes nesses materiais.

Publicidade

Uma Webquest tipicamente organiza a pesquisa seguindo esse esquema:

  1. Introdução. Na introdução de uma Webquest o estudante deve encontrar o problema sobre o qual irá pesquisar.
  2. Nas tarefas, o estudante deve encontrar as tarefas que deve concluir para concluir a pesquisa. É importante que essas tarefas não sejam muito escolares. Devem ser simulações de tarefas reais com as quais as pessoas se deparam em suas vidas.
  3. Nesse ponto da pesquisa orientada o estudante toma conhecimento dos materiais e recursos que deve consultar para concluir sua pesquisa.
  4. Critérios de avaliação. Aqui o estudante conhece como seu trabalho será avaliado. É muito comum, por exemplo, a disponibilização de rubricas com uma série de critérios e níveis de desempenho que o estudante poderá alcançar em seu trabalho.
  5. Conclusões. Nesse ponto é hora de fazer algumas considerações finais sobre a pesquisa e deixar mais alguns materiais disponíveis para aqueles que quiserem continuar sua jornada de aprendizagem.

Esse formato de pesquisa tem suas vantagens e desvantagem em relação ao modelo mais tradicional. A principal desvantagem certamente é o fato de que o estudante não tem o trabalho de encontrar páginas relevantes na web. Esse trabalho é feito previamente pelo professor. Por outro lado, esse é também um de seus pontos positivos. Os materiais de leitura e estudo disponíveis nas primeiras páginas de mecanismo de pesquisa nem sempre são da melhor qualidade. E um estudante, que ainda não tem conhecimento do assunto, na maioria das vezes não está em condições de julgar a qualidade do que encontra. Por isso o fato de o professor disponibilizar previamente materiais de pesquisa é um ponto positivo de pesquisas no formato de Webquest.

Recentes

  1. Demócrito
  2. Tales de Mileto
  3. Parmênides
  4. Anaximandro
  5. Heráclito

Example image

Livros de filosofia

Confira uma seleção de livros de filosofia e embarque numa viagem pelo mundo das ideias.

Leia mais
Example image

Guia de falácias

Guia com explicações, exemplos e exercícios sobre uma série de falácias encontradas na argumentação cotidiana.

Estudar