Imagem com logo do site

Questões sobre social democracia

Como a social-democracia aborda a questão da desigualdade social?
Considera a desigualdade social completamente inaceitável e propõe a completa igualdade de resultados através de uma redistribuição radical de riqueza.
Aceita a desigualdade social como um subproduto inevitável da economia de mercado, mas argumenta que o Estado deve intervir para proporcionar um "piso" mínimo de bem-estar para todos.
Promove apenas a igualdade de oportunidades, mas reconhece que as diferenças individuais podem levar a alguma desigualdade de resultados.
Ignora a questão da desigualdade social, concentrando-se apenas em garantir a liberdade individual e os direitos civis, independentemente das circunstâncias econômicas.
Vê a desigualdade social como um mal necessário para o progresso econômico, desde que certos limites sejam mantidos e os mais desfavorecidos sejam protegidos.
Qual é a visão da social-democracia sobre a distribuição de riqueza na sociedade?
A distribuição de riqueza é menos importante do que a garantia de que todos têm acesso a serviços básicos de qualidade, como saúde e educação.
A riqueza deve ser distribuída de acordo com a necessidade, com aqueles em maior necessidade recebendo mais apoio do Estado.
Todos os cidadãos devem receber uma parcela igual da riqueza total da sociedade, independentemente de seu trabalho ou contribuição para a economia.
A riqueza deve ser distribuída de acordo com a contribuição individual para a sociedade, com incentivos para a inovação e a eficiência.
A riqueza deve ser distribuída de acordo com o trabalho, com os trabalhadores recebendo uma parcela justa da riqueza que produzem.
Qual é o papel do Estado na visão da social-democracia?
O Estado deve desempenhar um papel ativo na regulação da economia, protegendo os trabalhadores e os mais vulneráveis, e garantindo um padrão mínimo de vida para todos.
O Estado deve ser minimalista, intervindo apenas para corrigir falhas de mercado e fornecer bens públicos.
O Estado deve controlar todos os aspectos da vida social e econômica para garantir a igualdade e a justiça.
O Estado deve agir como um facilitador, criando condições para a prosperidade individual, mas não interferindo diretamente na economia.
O papel do Estado é irrelevante; o que importa é a ação coletiva dos trabalhadores para transformar a sociedade.
Como a social-democracia aborda a questão da propriedade privada em comparação com outras formas de socialismo?
Mantém a propriedade privada intacta, mas exige que o Estado regule setores essenciais como saúde, educação e habitação.
Apoia a abolição parcial da propriedade privada, permitindo a propriedade individual de bens pessoais, mas restringindo a posse de grandes empresas e indústrias.
Defende a abolição total da propriedade privada, com todos os meios de produção sendo controlados pelo Estado.
Preserva a propriedade privada, mas propõe altas taxas de impostos sobre a riqueza para financiar programas sociais e garantir a redistribuição de riqueza.
Mantém uma postura indiferente em relação à propriedade privada, priorizando a distribuição de riqueza através de políticas de bem-estar social.
Qual das seguintes afirmações melhor representa a visão da social-democracia sobre a economia de mercado?
A economia de mercado é intrinsecamente falha e deve ser completamente abolida em favor de uma economia planificada pelo Estado.
A economia de mercado pode ser mantida, mas deve ser controlada e dirigida pelo Estado para evitar a exploração e garantir o bem-estar social.
A economia de mercado é a melhor forma de economia, mas precisa de reformas substanciais para garantir que todos tenham condições básicas de vida e oportunidades iguais.
A economia de mercado deve ser deixada completamente livre, sem interferência do Estado, pois acredita-se que isso levará ao máximo de eficiência e prosperidade.