Imagem com logo do site

Questões sobre o conservadorismo

No Brasil, são comuns manifestações contra a inclusão da discussão sobre gênero e sexualidade nas escolas. Grupos conservadores argumentaram que esse conteúdo não deveriam estar presente no currículo escolar.

Com base nos princípios conservadores, como você poderia interpretar a motivação desses grupos que se opõem à inclusão desses temas no currículo escolar?
Esses grupos se opõem porque acreditam que toda educação deve ser estritamente acadêmica, evitando questões de natureza social ou moral.
Esses grupos se opõem à inclusão desses temas porque acreditam na superioridade de um gênero sobre o outro.
A oposição desses grupos é baseada na preocupação com a preservação da economia de livre mercado, que veem como ameaçada por essas discussões.
A resistência desses grupos é uma manifestação de sua crença na igualdade de todos os indivíduos, independentemente de sua identidade de gênero ou orientação sexual.
A oposição desses grupos se baseia em uma defesa da tradição e da instituição da família, percebida como sendo desafiada por essas discussões.
Questão: Qual das seguintes opções melhor representa o ponto de vista conservador sobre a propriedade privada?
Os conservadores valorizam a propriedade privada porque ela tende a incentivar os indivíduos a se oporem a desordens e tumultos para proteger seu patrimônio.
Os conservadores apoiam a propriedade privada porque ela é um direito fundamental de todos os seres humanos que não deve ser violado de forma alguma.
Os conservadores defendem a propriedade privada principalmente porque ela promove a segurança econômica individual e da família tradicional.
Os conservadores defendem a propriedade privada pois ela promove segurança econômica, recompensa o esforço, incentiva a ordem social ao desencorajar desordens, e contribui para a estabilidade da sociedade.
Os conservadores defendem a propriedade privada como uma maneira de garantir que as pessoas tenham o que merecem, o direito de ter aquilo pelo que lutaram toda a vida.

Em 2013, o Conselho Nacional de Justiça do Brasil aprovou uma resolução que proíbe os cartórios de recusarem a celebrar casamentos civis entre pessoas do mesmo sexo ou de se recusarem a converter uma união estável homoafetiva em casamento. No entanto, essa decisão gerou resistência de grupos conservadores.

Com base nos princípios conservadores, como podemos entender a resistência de alguns grupos à decisão do Conselho Nacional de Justiça?
Esses grupos resistem porque acreditam que a decisão viola a liberdade de expressão dos cartórios para decidir quem eles querem ou não casar.
A resistência é uma manifestação de sua crença de que a lei deve ser determinada estritamente pela vontade da maioria, sem consideração pelos direitos das minorias.
A resistência se baseia na crença de que o estado não deve ter papel algum na regulação do casamento.
Os grupos resistem à decisão por considerarem que ela interfere nas práticas econômicas de livre mercado dos cartórios.
Esses grupos resistem porque a decisão desafia a tradição e a instituição do casamento como eles a entendem.
Qual das seguintes opções melhor descreve o pensamento conservador sobre a natureza humana?
Os conservadores sustentam que os seres humanos são naturalmente maus e incapazes de alcançar uma compreensão adequada das coisas.
Os conservadores defendem que os seres humanos são naturalmente inclinados ao bem, mas podem ser corrompidos pela sociedade e pelas circunstâncias.
Os conservadores acreditam que os seres humanos são seres perfeitos em sua essência, mas podem desenvolver imperfeições morais e intelectuais ao longo da vida devido a experiências individuais.
Os conservadores acreditam que os seres humanos são inerentemente perfeitos, possuindo capacidades morais e intelectuais superiores às de outras espécies.
Os conservadores consideram que os seres humanos são essencialmente bons, e que qualquer imperfeição moral ou intelectual é resultado de influências externas negativas.

A Revolução Francesa, que ocorreu entre 1789 e 1799, foi um período de mudanças radicais e políticas na França que teve um impacto duradouro na história do mundo. Durante a revolução, o Antigo Regime foi derrubado e a sociedade francesa passou por uma transformação drástica baseada em princípios de Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

Como os conservadores da época, como Edmund Burke, se posicionaram em relação à Revolução Francesa, e quais princípios conservadores foram expressos em suas críticas a esses eventos?
Os conservadores da época, incluindo Burke, criticaram a revolução, mas apoiaram a ideia de igualdade que a revolução promovia, um valor conservador central.
Os conservadores da época, incluindo Burke, se abstiveram de opinar sobre a revolução, pois acreditavam que era um evento estritamente francês, fora de seu âmbito de influência.
Os conservadores da época, incluindo Burke, eram contra a revolução, pois acreditavam que a mudança rápida e radical desrespeitava a tradição e a ordem social, princípios que eles valorizavam.
Os conservadores da época, incluindo Burke, apoiaram a revolução, pois acreditavam que ela representava a expressão máxima da liberdade individual, um valor conservador fundamental.
Os conservadores da época, incluindo Burke, eram indiferentes à revolução, pois acreditavam que o evento não tinha relevância para a política global.