Plano de aula sobre sustentabilidade e filosofia antiga

Por
William é formado em filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), tem especialização em docência e trabalha como professor de filosofia no ensino médio.
7 de fevereiro de 2021 - 9 min leitura

Informações

  • Palavras-chave: virtude, meio termo, hedonismo, epoché, cinismo, estoicismo.
  • Filósofos e conceitos abordados: Aristóteles (virtude), Zenão (estoicismo), Epicuro (epicurismo), Diógenes (cinismo), Pirro (ceticismo).
  • Ano: Ensino Médio.
  • Duração: 5 aulas de 50 minutos.

Breve resumo da unidade

Nessa unidade, os estudantes criarão histórias em quadrinhos nas quais um dos filósofos estudados dialoga com pessoas comuns e nesse diálogo a questão “temos como viver e de modo sustentável?” é colocada e analisada a partir da perspectiva do filósofo escolhido. O objetivo central do projeto é levantar questões sobre hábitos e práticas individuais e coletivas de produção e consumo e identificar formas de viver alternativas e sustentáveis.

Possíveis ações interdisciplinares

A habilidade da BNCC usada como referência para construir essa unidade também pode ser explorada por outras disciplinas das ciências humanas. Nesse caso em particular é possível relacionar esse planejamento com o componente de geografia, de forma muito proveitosa para esse plano. Podem ser trabalhados conceitos como pegada ecológica e impactos ambientais de diferentes formas de produção e consumo.

Observações

Esse plano de aula segue uma metodologia de planejamento bem específica, desenvolvida por Grant Wiggins e Jay Mctigue, em um livro chamado Planejamento para a compreensão: alinhando currículo, avaliação e ensino por meio do planejamento reverso. Caso a organização inicial do planejamento seja um pouco difícil de compreender, vá até o estágio 3, aí irá encontrar um passo a passo mais comum e acessível.

Todos os recursos usados no planejamento estão disponíveis ao final do plano, em Materiais, recursos e referências e como links ao longo do texto.

🎯 Estágio 1: identificar os resultados desejados

Competências e habilidades BNCC:

(EM13CHS301) Problematizar hábitos e práticas individuais e coletivos de produção, reaproveitamento e descarte de resíduos em metrópoles, áreas urbanas e rurais, e comunidades com diferentes características socioeconômicas, e elaborar e/ou selecionar propostas de ação que promovam a sustentabilidade socioambiental, o combate à poluição sistêmica e o consumo responsável.

Que perguntas essenciais serão consideradas?

  • O que é viver bem?
  • Como viver bem ou ser feliz?
  • Muitos hábitos de vida atuais impactam negativamente o meio ambiente. Poderíamos viver bem sem impactar tanto o meio ambiente?

Que compreensões são desejadas?

  • Existem diferentes concepções filosóficas sobre felicidade e vida boa e elas influenciam nossas escolhas.
  • Nossas ações causam impactos ambientais, mas é possível mudá-las sem necessariamente tornar a vida pior ou menos feliz.
  • Diferentes concepções de felicidade têm implicações diferentes sobre a sustentabilidade do planeta.

Que conhecimentos-chave e habilidade os alunos irão adquirir como resultado desta unidade?

Os alunos saberão…

  • Conceitos-chave: virtude, epicurismo, estoicismo, cinismo, ceticismo.
  • Fatos sobre impactos ambientais de ações humanas.

Os alunos serão capazes de…

  • Identificar diferentes concepções de vida boa e seus impactos ambientais.
  • Identificar formas de viver alternativas com menor impacto ambiental.

🔬 Estágio 2: Determinar evidências aceitáveis

Que compreensões ou objetivos serão avaliados por meio desta tarefa?

Tarefa

  1. Pesquisa individual e discussão em grupo através do método quebra-cabeça de trabalho cooperativo.
  2. Produção de história em quadrinhos.

Intencionalidade

  1. Checar incompreensões e familiaridade com os conceitos, detectar algumas incompreensões e oferecer feedback para que sejam superadas.
  2. O objetivo com essa produção é proporcionar uma situação autêntica na qual conceitos filosóficos são utilizados para discutir um problema atual. Através dela é possível observar tanto a compreensão dos conceitos estudados na pesquisa inicial, quanto a capacidade de articular tais conceitos para produzir questionamentos sobre formas de viver e seu impacto sobre o meio ambiente.

Por meio de que tarefa de desempenho autêntica os alunos demonstrarão compreensão?

É chato viver de modo sustentável?

Conhecemos nas últimas semanas alguns desafios que a sustentabilidade nos impõe. Nosso atual padrão de produção e consumo parece colidir com os limites do planeta. Em parte, isso nos exige mudanças de comportamento.

Na Antiguidade, existiam várias escolas de pensamento que se colocaram a seguinte questão: como nós, seres humanos, podemos viver bem? Será que podemos aprender algo com o que pensaram para vivermos bem e de forma sustentável?

Nas próximas semanas, imagine que você é um desses filósofos que, por alguma razão, renasce hoje e se depara com nossa forma de viver. Que tipo de questionamento, como filósofo, você faria? Como seriam os diálogos entre você e as pessoas hoje?

Com seu grupo, produza uma história em quadrinhos com diálogos entre esse filósofo e algumas pessoas nos quais os questionamentos acima sejam abordados.

Que qualidades o aluno deve demonstrar para significar que as expectativas de aprendizagem foram atingidas?

  • Compreenderam os conceitos utilizados e suas implicações.
  • Dramatizar esses conceitos e fazer relações entre eles e os problemas atuais da sociedade de consumo.
  • Discutir as questões propostas na atividade através dos diálogos, de forma coerente com o filósofo escolhido.

🗺️ Estágio 3: Planejar experiências de aprendizagem

Atividades de aprendizagem:

Que experiências de aprendizagem e ensino possibilitarão que os alunos alcancem os alunos alcancem os resultados desejados? 

Primeira aula (50 min)

1 – A unidade pode começar com a apresentação da proposta do projeto. Geralmente utilizo um pequeno site como esse  para organizar o material de pesquisa e todos os recursos que os estudantes irão utilizar ao longo do projeto. Leia e discuta com a turma a situação-problema e o que eles já sabem ou ainda precisam aprender para concluir o projeto com êxito. Você pode fazer duas colunas no quadro e convidar os alunos a pensarem no que o projeto exige deles em termos de habilidades e conhecimento são necessários e o que precisam ou já possuem. Registre essas informações com uma foto ao final da aula, pois serão úteis para ajustar o planejamento para a turma.

2 – Divida a turma em grupos. Esse não é um projeto com um produto final que exija a colaboração de muitas pessoas, então o indicado é usar grupos pequenos, com 3 ou 4 integrantes. O ideal, dado os temas de pesquisa dessa unidade, é formar 5 grupos na turma. Além disso, essa é uma boa oportunidade para organizar equipes de trabalho a partir de critérios que vão possibilitar uma maior aprendizagem de todos os integrantes. Um papel importante no grupo é o de coordenador. Defina previamente alguém para desempenhar essa função.

3 – Com os grupos formados, peça para os estudantes escolherem um tema  de pesquisa. Informe a eles que serão especialistas no tema escolhido e referência no grupo caso o tema escolhido para a produção da história em quadrinho for esse. 

4 – Depois que os integrantes dos grupos escolherem os temas, oriente os integrantes a explorar o material de pesquisa disponível no site usado na apresentação.

Segunda aula (50 min)

5 – Defina um tempo para que os estudantes explorem individualmente o material de pesquisa.

6 – Em seguida, é hora de formar novos grupos, com especialistas no mesmo tema, para discutir em conjunto. O nome da metodologia de trabalho cooperativo que será utilizada é quebra-cabeça ou JIGSAW. Depois que os grupos se reunirem, disponibilize algumas questões para orientar a discussão do grupo, como essas abaixo:

  1. Quais os conceitos centrais da corrente de pensamento estudada?
  2. Como esse filósofo pensaria sobre nosso modo de vida atual?
  3. Como seu pensamento pode ser usado para pensarmos a questão: é chato viver de modo sustentável?
  4. Que alternativas de práticas sustentáveis podemos pensar a partir de seus pensamentos?

É importante que os integrantes do grupo façam anotações para usar na sequência da aula, quando terão que explicar para os colegas do grupo inicial o que foi discutido no grupo de especialistas.

Terceira aula (50 min)

7 – Nessa aula os estudantes especialistas retornam para o grupo base e compartilharão o que foi discutido. Para guiar essa apresentação eles podem usar as questões discutidas no grupo de especialistas. Oriente que os colegas façam perguntas para os especialistas e defina um tempo limite para o grupo concluir as apresentações.

8 – Por fim, cabe ao grupo escolher qual das correntes de pensamento irá escolher para produzir a história em quadrinho e começar a planejar o trabalho. Inicialmente os estudantes podem fazer um brainstorm para levantar ideias para a produção. Em seguida, distribuir responsabilidades entre os integrantes dos grupos como:

  • quem vai elaborar os diálogos?
  • quem vai criar as ilustrações ou organizar as cenas usando um software?
  • quem vai apresentar a história e a fundamentação teórica por trás do trabalho?

É importante que essas informações sejam registradas pelo coordenador do grupo e o professor esteja ciente delas. No site usado nas aulas anteriores há uma uma lista de softwares que podem ser utilizados para criação de histórias em quadrinho pelos estudantes.

Quarta aula (50 min)

9 – Durante essa aula os estudantes irão concluir a produção da história em quadrinho. Lembre os grupos de observarem as orientações da tarefa, disponíveis no site do trabalho.

Quinta aula (50 min)

10 – Nessa aula, um ou dois representantes do grupo irão apresentar a história em quadrinho e contar sobre as ideias por trás do trabalho produzido pelo grupo. Durante esse processo cabe ao professor avaliar em que medida o trabalho atende os objetivos. Essa avaliação não pode ser no sentido de atribuir uma nota ao desempenho, mas mostrar o que o trabalho teve de satisfatório, em que pode melhorar para atender os objetivos e como fazer isso.

Materiais, recursos e referências

Site com orientações para os estudantes e materiais de pesquisa.

Warburton, Nigel. Uma Breve história da filosofia. Porto Alegre: L&PM, 2012. 

Wiggins, Grant. Planejamento para a compreensão: alinhando currículo, avaliação e ensino por meio do planejamento reverso. Porto Alegre: Penso, 2019.

Tatim, William Godoy. Plano de aula sobre sustentabilidade e filosofia antiga. Filosofia na Escola, 2021. Disponível em: < https://filosofianaescola.com/ensinar/plano-de-aula-sobre-sustentabilidade/>. Acesso em: 17 de Apr. de 2121.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

👋 Gostaria de contribuir com nosso trabalho e ter uma série de benefícios?

Assine Filosofia na Escola por um valor anual simbólico, tenha acesso a recursos exclusivos para assinantes e colabore com nosso trabalho. Disponibilizamos acesso gratuito a conteúdos de filosofia para cerca de 1 milhão de usuários ao longo do ano.