Formas de governo em Aristóteles | Filosofia na Escola

Formas de governo em Aristóteles

Formas de governo segundo Aristóteles
Segundo Aristóteles, existem três formas de governo puras: a monarquia, em que um governa, a democracia, na qual o povo governa, e a aristocracia, na qual os mais qualificados governam.

Uma das questões fundamentais do pensamento político é saber qual a melhor forma de governo. Em geral, todos acreditam que é melhor viver em sociedade e, para isso, alguém tem que tomar as decisões coletivas, que impactam na vida de todos. Decisões como quem vai ter direito a liberdade de expressão, se vai existir previdência ou direitos trabalhistas, se o trabalho vai ser escravo ou assalariado e assim por diante.

Aceitando que é necessário um governo, a questão que surge em seguida é como esse governo deve ser organizado. Aristóteles foi um filósofo que criou uma distinção conceitual sobre tipos de governo que perdurou, sendo repetida por inúmeros outros filósofos, até o século XIX.

Segundo Aristóteles, existem seis formas de governo diferentes. Em primeiro lugar, existem aqueles governos que trabalham em favor do bem comum, tais são as formas puras de governo. São eles a monarquia, a aristocracia e a democracia. O primeiro é o governo de uma só pessoa, o segundo é o governo dos poucos, dos “melhores”, no sentido de moralmente e intelectualmente superiores à média da população, e o último é o governo dos muitos, do povo.

Em segundo lugar, existem as formas corruptas de governo, que são aquelas governadas em benefício do interesse próprio. Assim, a monarquia corrompida se torna tirania, na qual uma pessoa se apodera do governo para benefício pessoal unicamente. A aristocracia corrompida se transforma em uma oligarquia, na qual algumas famílias ou os mais ricos tomam o poder para vantagem própria. Por fim, a democracia corrompida se converte em demagogia, na qual os mais pobres usam o governo em favor de seus interesses.

Um Poucos Muitos
Forma Pura Monarquia Aristocracia Democracia
Forma Corrompida Tirania Oligarquia Demagogia

Assim, forma de governo, para Aristóteles, é o modo como o poder político é distribuído entre as pessoas que fazem parte de uma sociedade. E os diferentes tipos de formas de governo são classificados de acordo com dois critérios: o número de pessoas que possuem poder político e a finalidade para a qual usam esse poder.

Referências e leitura adicional

Para conhecer mais do debate sobre formas de governo, veja nossa série de artigos sobre esse tema aqui.

Bobbio, Norberto. Dicionário de Política.Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1998, pp. 320-321.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tudo que publicamos sobre:

Relacionado

John Locke

John Locke é um filósofo inglês, pai do liberalismo político, um dos principais representantes do empirismo e criador de conceitos como tábula rasa e direitos humanos.

Descartes

Descartes é considerado o pai da filosofia moderna e as suas concepções sobre o conhecimento, método, ciência e a mente humana foram e ainda são muito influentes.

Filosofia da ciência

A filosofia da ciência estuda o que é a ciência, o que diferencia esta de outras formas de saber, como a religião, e o método que usa para produzir conhecimento.