Teoria do conhecimento

O que é conhecimento? Como diferencia-lo de uma mera crença? Como o ser humano produz conhecimento? Esse é infalível ou está sujeito à erros? O que é ciência? Essas são algumas questões colocadas pela filosofia sobre a natureza do conhecimento humano.

Método indutivo

O que é o método indutivo Você já deve ter ouvido falar que não devemos fazer generalizações. Que é errado dizer, por exemplo, que “nenhum homem presta” ou que “mulher não sabe dirigir”. Esses são exemplos de generalizações incorretas, feitas a partir de uns poucos exemplos. De qualquer forma, o problema não está na generalização […]

método indutivo

Epistemologia: significado e teorias

Epistemologia é o estudo do conhecimento, suas fontes, natureza e validade. A questão fundamental dessa área da filosofia é: somos capazes de conhecer algo?

epistemologia

Empirismo de Locke

A ideia central do empirismo de Locke é de que a mente humana ao nascer é uma tábula rasa que através da experiência vai sendo preenchida de conteúdo.

Empirismo

O conhecimento surge da experiência

Racionalismo

O racionalismo é uma abordagem epistemológica segundo a qual a razão, sem o auxílio da percepção, é capaz de conhecer algumas verdades inegáveis. A percepção se refere aos processos de ver, ouvir, cheirar, tocar e provar, pelos quais nos tornamos conscientes ou apreendemos objetos comuns, como cadeiras, mesas, pedras e árvores. Quando os racionalistas afirmam […]

Ceticismo: significado e 6 argumentos céticos

O ceticismo na filosofia é a ideia de que não é possível ter certeza sobre crença alguma, mesmo as mais elementares, como a de que existe um mundo real a nossa volta.

ceticismo

Tipos de conhecimento

Conhecimento proposicional, por contanto e prático.

Conhecimento a priori e a posteriori

A priori significa anterior a experiência e a posteriori significa posterior à experiência.

Conhecimento para Platão

O conhecimento para Platão significa crença, verdadeira e justificada.

Penso, logo existo

A expressão “penso, logo existo” foi criada por Descartes e é considerada por esse uma verdade inabalável, ponto de partida de toda a sua filosofia.

penso logo existo