Dinâmica de perguntas e respostas em sala de aula | Filosofia na Escola

Dinâmica de perguntas e respostas em sala de aula

Qualquer professor deseja que os estudantes se envolvam na aula, participem e aprendam o que se pretende ensinar. Porém, esse nem sempre é o caso. Não é raro encontrar salas de aula com alunos desmotivados, apáticos, pouco participativos, atentos ao celular ou divagando.

Há muitas técnicas e metodologias de ensino que procuram mudar esse quadro. Algumas mais radicais, que promovem uma mudança global no ensino, até técnicas modestas que podem ser combinadas com formas tradicionais de educação e não exigem mudanças de grandes dimensões.

Uma dessas técnicas é uma dinâmica de perguntas e respostas que os estudantes devem realizar em grupos.

Uma das maneiras de pôr em prática essa dinâmica é a seguinte:

  1. divida a turma em grupos com um número de estudantes que possibilite a participação de todos;
  2. distribua para cada grupo uma placa com as letras do alfabeto A, B, C, D, E (se as questões forem de múltipla escolha);
  3. usando data show, apresente aos grupos uma questão por vez, dê um tempo para que discutam a resposta apropriada e em seguida peça para que mostrem a placa com a alternativa correta;
  4. peça para que os estudantes expliquem qual raciocínio usaram para chegar à alternativa escolhida;
  5. revele a alternativa correta e, se necessário, explique porque é a correta.

Essa é uma versão possível de uma dinâmica de perguntas e respostas para ser usada em sala de aula. Como essa técnica é flexível, pode ser modificada e aperfeiçoada conforme o interesse e necessidade do professor.

É possível especificar um tempo limite para os grupos discutirem e chegar a uma resposta consensual; é possível usar questões dissertativas, ao invés de objetivas; é possível transformar essa dinâmica numa espécie de “passa ou repassa”, na qual apenas um grupo tem a oportunidade de responder a pergunta e deve passar a vez caso não saiba a resposta; enfim, é possível criar uma competição entre os grupos para ver quem se sai melhor ao final. Há várias possibilidades, cabe ao professor avaliar a dinâmica da turma e experimentar qual é a mais apropriada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tudo que publicamos sobre:

Relacionado

John Locke

John Locke é um filósofo inglês, pai do liberalismo político, um dos principais representantes do empirismo e criador de conceitos como tábula rasa e direitos humanos.

Descartes

Descartes é considerado o pai da filosofia moderna e as suas concepções sobre o conhecimento, método, ciência e a mente humana foram e ainda são muito influentes.

Filosofia da ciência

A filosofia da ciência estuda o que é a ciência, o que diferencia esta de outras formas de saber, como a religião, e o método que usa para produzir conhecimento.